quarta-feira, 22 de junho de 2011

A Força e Tradição do Forró Alagoano

   
 Mestre Zinho (ao centro) 
Época de festejos Juninos e a gente aqui no Nordeste se aquece no ritmo do forró. Lá para os meus 9, 10 anos, São João era tempo de quadrilha, daquela que se dançava ao som de Luiz Gonzaga. Era um ritmo mais vagaroso, menos balançante que esse das quadrilhas modernas. A gente se divertia e dançava, e iam entrando na memória os “hits” inesquecíveis do Rei do Baião.

Apesar do amor do alagoano pelo forró, aqui no estado pouco se valoriza o trabalho e a contribuição dos grandes artistas alagoanos. Forrozeiros que são reverenciados em todo o Brasil e reconhecidos mundialmente, criadores de lindas canções que muitas vezes temos na ponta da língua, sem saber que possuem origem na terra das Lagoas.

Pernambucano não, Alagoano!
Essa semana acompanhei pelo rádio um bate-papo com o grande artista e apaixonado pelo assunto, José Lessa.  Fiquei maravilhada com a quantidade de músicas e artistas alagoanos de grande qualidade apresentados. Alguns eu já conhecia e admirava o trabalho, como o grande Mestre Zinho e o brilhantíssimo Jacinto Silva. Este, pra variar, mais conhecido e reverenciado em Pernambuco do que aqui, na sua própria terra. Temos ainda Chau do Pife, Tororó do Rojão, Geraldo Cardoso... vix, é muito cabra bom!

Cabra só não! Tem também a Rainha do Forró Clemilda, que gravou cerca de 40 discos entre LPs e Cds, com grande parcerias e composições. Uma mulher polêmica, que num meio predominantemente masculino, ousou investir nas letras de duplo sentido. Forrozeira de sucesso, requisitadíssima. 
Tororó do Rojão

São inúmeros artistas, vale a pena conhecer. Uma pena que nossos governantes não invistam na valorização dessa cultura. Aqui em Alagoas o forró tem uma raiz especial e única. A mistura dos vários folguedos como guerreiro, coco, reisado e até da chegança originaram um ritmo peculiar, sem igual no mundo inteiro. É a mais pura voz do povo alagoano. Viva o Forró de Alagoas! 


P.S. ¹ Gente, não dá pra citar todos os forrozeiros aqui, então sugiro que visitem o site Forró Alagoano. Dá até pra baixar músicas e cd´s, confiram!
P.S. ² Força ao Tororó, que está passando por um grave problema de saúde. Estimo melhoras!




Um comentário:

  1. em 08/07/11 recebemos a notícia de que Tororó do Rojão faleceu. Sua disposição e irreverência farão falta...

    ResponderExcluir