domingo, 10 de março de 2013

O Riso dos Outros

“Se humor precisa de uma vítima, façamos a vítima certa, né?
 Porque tem tanta gente que merece apanhar, por que bater nos negros, 
ou nas mulheres, né?, que já apanharam bastante...”
(André Dhamer, cartunista)

No dia internacional da Mulher, uma dessas páginas de celebridades do humor no Facebook fez um chiste:

"Humanos criam dia internacional até para um pedaço de costela…"

Sinceramente, não achei graça. Procurei, procurei e não achei. Na verdade, achei até ofensivo e logo lá estava eu tentando responder, ingenuamente achando que poderia provocar algum tipo de reflexão no frequentadores da página.

As respostas foram as piores possíveis. Fui chamada de jumenta e ignorante. Por outras mulheres. Dessa vez não me senti ofendida, mas triste, realmente triste por tanta gente ainda ignorar o fato de as mulheres serem ainda penalizadas, mortas, violentadas, por serem mulheres. Por ainda ter gente que acha divertidíssimo fazer piada com isso.... triste...

 Ultimamente esse lance do humor tem sido objeto de várias discussões polêmicas no Brasil. O documentário "O Riso dos Outros" traz ideias bastante interessantes sobre o tema. Recomendo que todos, principalmente aqueles que pretendem fazer humor, assistam. Vale a pena refletir sobre o assunto.